Eu e as flores (Nelson e Jair Cavaquinho)

Postado por: em set 25, 2014 | 4 Comentários

Apresentamos aqui muito mais que canções populares. Nós estamos construindo um novo olhar sobre elas. Não é tanto o que olhar, mas como olhar. Insisti diversas vezes que na cultura pop, de qualquer povo, existe aquilo que chamamos de porosidade religiosa; quando expressões de espiritualidade transpiram nas confissões dos nossos artistas.

Certamente, podemos olhar uma mesma obra a partir de diversas entradas; nesta que ouviremos agora, temos pelo menos 3 aspectos muito interessantes: a chegada da Primavera com as flores, a impermanência da vida humana e o vértice poético no final, verticalizando a canção, transformando o samba em um hino ao Criador.

Com vocês, de uma pareceria com Jair do Cavaquinho, “Eu e as Flores” por ele; amigo de longa data, Nelson do Cavaquinho.

 

 

Eu e as Flores

(Nelson e Jair Cavaquinho)

Quando eu passo
Perto das flores
Quase elas dizem assim:
Vai que amanhã enfeitaremos o seu fim.
A nossa vida é tão curta
Estamos nesse mundo de passagem
Ó meu grande Deus, nosso Criador
A minha vida pertence ao Senhor.

4 Comentários

  1. Vinicius Andrade
    23 de outubro de 2014

    Bem fortes as verdades desta letra…
    No corre-corre da vida em busca de vaidades, nos esquecemos de refletir sobre o quanto ela é breve… Nos esquecemos de olhar em voltar e ouvir o que a criação diz sobre nós e sobre Deus.

    Reply
  2. André
    23 de outubro de 2014

    Bem Legal. Fico feliz em ler textos assim, hoje você foi boca de Deus pra mim Marcos, e sei que nada impede que Ben jor seja pra alguém, digo isso pq sou um cara como milhões, criado desde moleque na igreja até esses 27 que carrego nas costas, sou pastor hj, mas sei que Deus não limita-se a nosso Modus operanti, Ele “…Sopra onde quer..”, e você hoje é um referencial muito bom dessa verdade que tenho experimentado a uns poucos 4 anos.Ele está movendo algo nessa direção. Identifico-me muito com o trabalho que tem feito, embora confesse que nunca tenha muito fã de musica brasileira hoje ela me soa bem. Fica aqui uma palavra de incentivo de alguém que você se quer conhece. Nada é em vão. Deus ilumine sua estrada. Parabéns.

    http://sobrevidaoficial.blogspot.com.br/2013/10/achei-deus-john-lennon-por-andre-prueza.html

    Reply
  3. Leonardo de Paula
    7 de dezembro de 2014

    Marcos, acho interessantíssimo esse trabalho. Aqui no RJ, estou elaborando junto com alguns amigos um projeto parecido.Bem,existem diversas músicas que expressam essa espiritualidade. Gostaria de sugerir análises sobre “O poeta está vivo” do Barão Vermelho, e “Grow old with me” de John Lennon (este último, de quem sou fã, é justamente para desmistificar a idéia de que John era anticristo ou ateu, sei lá).

    Deus te abençoe Marcos, precisamos de vozes como a sua falando do Cristo e suas obras.

    Reply
  4. Elizabelle
    3 de fevereiro de 2015

    Poucas, porém profundas, as palavras desta bela canção refletem a fugacidade da vida. Noossa eu estou amando esse blog, nunca tinha percebido tamanha beleza em nossas canções, Parabens Marquinhos, Deus abençoe 😀

    Reply

Deixe um comentário